Não faça ginástica na' Wall Street Fitness', Belo Horizonte. Eles nos 'entopem' de spam, mensagens não solicitadas, às dezenas, DIARIAMENTE!

 

[principal] [primeiros passos] [planeta azul] [trabalho] [vestir o que?] [alimentando-nos] [meio-ambiente] [exercitando-nos] [textos] [administrando as contas] [mais compromisso] [mais saúde] [mais beleza] [mais livres] [voluntarios] [cidadãos do planeta Terra] [links] [livros] [entre em contato]

 

 

Administrando as contas

 

"Há duas maneiras de conseguir o suficiente: uma é continuar a acumular mais e mais. A outra é desejar menos. (G. K. Chestertorn)

 

Não sou economista nem administradora de empresas. Se você fizer questão de ouvir um, sugiro procurar no seu site de buscas favorito ;-)

Entretanto, sou dona de casa, trabalhei até me aposentar e sempre organizei minhas "entradas e saídas" de dinheiro. Muitas vezes, comprando mais do que devia, me endividei até os cabelos. Fui aprendendo a medir minha vontade de consumir com a grana que eu ia realmente ter no final do mês. Apanha daqui, apanha dali, meu marido hoje me chama de "pão-dura". Não é que eu não compre nada, mas procuro evitar ter que me desgastar depois, imaginando de que maneira vou saldar meus compromissos.Por isso, não me julgando tão competente como os administradores desse País, (mas ganho dos nossos ministros da "gastança" ;-) sou capaz de administrar minhas próprias finanças, o conselho que dou é simples e só um: "Não gaste além do que você pode".

Se você está endividado no momento - e nesse Brasil, o próprio endividado, quem não está? - aconselho-o a relacionar, de preferência num pequeno caderno só para isso, uma agenda, o que quiser, todas as suas dívidas. As mais urgentes, as menos urgentes. Veja o que você pode pagar. Procure seus credores, renegocie a dívida. Vá aos Procons da vida. Os cartões de crédito por exemplo cobram juros e multas indevidos. Reclame. Você será orientado, os próprios órgãos de defesa do consumidor costumam contactar as administradoras de cartão, e na maioria das vezes o resultado é compensador. Enquanto isso, PARE de comprar, isto é, só compre mesmo o necessário: comida, pagar as contas de água, luz, remédios, médicos, escola, ufa!!! Precisamos na verdade de muitas coisas. Agora, atenção: muitas vezes nos impomos necessidades! Dizemos para nós mesmos: "eu preciso disso..... eu preciso daquilo...." E muitas vezes essa necessidade é só uma vaidade, uma coisa que nos daria imenso prazer em ter. E daí, nem pensamos duas vezes. Só pensamos a primeira: "ah, vou comprar, depois me viro para pagar, alguém me empresta, sei lá!..." Por favor, pense antes, conte até 1000! Muitas vezes a pessoa fica desempregada de repente, não consegue quem lhe empreste e entra em parafuso... então, conselho de amiga: Pare e pense - conte até 1000. Não compre no impulso do momento. Esse é o grande vilão! O momento! "Ah, não resisti"! E às vezes já ao chegar em casa nos arrependemos.... Por isso, PRUDÊNCIA! Devagar com a COMPULSÃO. Aqui fala uma ex-vítima dela. Portanto, com experiência.

Se tiver que fazer um empréstimo, procure as associações, cooperativas, quem sabe no seu próprio emprego tem uma? Talvez um parente, um amigo, que não vai lhe cobrar juros exorbitantes...Em geral elas trabalham com taxas de juros menores. Procure se informar SEMPRE. O brasileiro precisa aprender a ser mais consciente nas coisas que faz, principalmente nas suas motivações. Seja mais seletivo, seja mais esclarecido! Devagar você chega lá, não desista. No princípio a gente tem umas recaídas, mas depois consegue e é tão bom quando você sabe que no final do mês vai poder saldar todos os seus compromisos e ainda vai sobrar um troquinho! E veja bem, isso não é só para quem ganha muito não, mesmo se você ganha pouco, é só seguir o primeiro conselho acima: NÃO GASTE MAIS DO QUE GANHA! Senão, desastre certo! Boa sorte!

POR UMA ECONOMIA DE COMUNHÃO - NÃO DEIXE DE CONHECER A PROPOSTA DOS FOCOLARES, INCLUSIVE PARA OS EMPRESÁRIOS DE BOA-VONTADE, PARA O MUNDO INTEIRO! CLIQUE EM "ECONOMIA DE COMUNHÃO", PARA SABER MAIS.

"Ao contrário da economia consumista, baseada na cultura do 'ter', a Economia de Comunhão é a economia da partilha. Isso pode parecer difícil, árduo, heróico. Mas não é assim, pois o homem, criado à imagem de Deus, que é Amor, encontra a sua realização justamente no amor, na partilha. Esta exigência reside no mais íntimo do seu ser, quer ele tenha fé ou não. E é nesta constatação, comprovada pela nossa experiência, que está a esperança de uma difusão universal da ECONOMIA DE COMUNHÃO. Chiara Lubich - Maio de 1991"

 

 

1. Endividados?
2.Dívidas?

 

DIMINUA O DESPERDÍCIO

. Fuja da compra do mês. Vá com mais frequência às compras, quando necessário, porque despensa lotada, em geral, acumula produto fora da validade. O hábito que se tornou corriqueiro durante o período inflacionário deve ser deixado para trás. Além de evitar o excedente, a "compra de picadinho" possibilita o consumo de alimentos mais frescos.
. Faça sempre uma lista de compras pensando na quantidade de comida realmente consumida pela família. A idéia é comprar sempre o estritamente necessário.

. Os vegetais (frutas, legumes e verduras) são perecíveis e devem ser consumidos com certo imediatismo. Por isso não se acanhe em comprar esses produtos por unidade, um hábito nos países europeus.

(Folhinha do Sagrado Coração de Jesus, ed. Vozes, 2004)

por Luciana Rosse Mora e Rosa de Fátima Arnoso, Nutricionistas, Folha de S. Paulo, 30/08/2001.

 

EXPERIMENTE UMA NOVA MANEIRA DE NEGOCIAR: TROQUE!
REDE DE CLUBE DE TROCAS
REDE DE TROCAS E CADEIAS PRODUTIVAS
REDE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL
POLO DE SOCIOECONOMIA SOLIDÁRIA
TROCAS SOLIDÁRIAS SEM FRONTEIRAS
REDES DE TROCAS INTER-EMPRESARIAIS
Para saber mais, pesquise nos sites de busca, como Yahoo, etc...

Grupo de Devedores Anônimos no RJ:

GRUPO CENTRO: RUA MÉXICO 90, 9º. ANDAR - REUNIÕES aos SÁBADOS de 10h às 12h. Informações  - Cel: 0-XX-(21) 9552-5163 no horário Comercial.

NOVO! iniciou as atividades dia 24 de agosto de 2004.

GRUPO TIJUCA 1: AV. MARACANÃ, 725. REUNIÕES as TERÇAS-FEIRAS, de 19h às 21h. Informações com Paulo Roberto - Tel: 0-XX- (21)-3390-8905 ou 9876-4745. O Grupo do Leme por motivos alheios à nossa vontade não está mais atendendo no endereço citado.

GRUPO TIJUCA 02 - RUA BARÃO DE MESQUITA,275 - INÍCIO DIA 31/10/2004 Tel: 0XX (21) 3390-8905 (informações) ou 9876-4745 REUNIÕES aos DOMINGOS, de 15h às 17h. ( Início dia 31 de outubro de 2004 - DOMINGO )

Visite o site dos Devedores Anônimos no Rio de Janeiro: <http://www.devedoresanonimos-rj.org>, com informações e endereços/horários de Grupos em outros estados. E-mail: devedoresanonimos@yahoo.com.br

 

Grupo dos Devedores Anônimos em S. Paulo:

Com novos telefones e hor‡rios atualizados:

Paróquia São Luís Maria Monfort - Rua Dr. Camilo D'Agostinho, 149 - Jardim Rincão - Reuniões aos domingos, 15hs. Tel: 0XX(11)3841-1868 (informações)

Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro - Rua Sampaio Vidal, 1055 - Jardim Paulistano - REUNIÕES às QUINTAS-FEIRAS - 18:30h.

Paróquia Santa Efigênia - Rua Santa Efigênia, 30 - REUNIÕES às TERÇAS-FEIRAS - 15hs. e aos SÁBADOS - 16hs. Tel: 0XX (11) 3229-6706 (informações).

DEVEDORES ANôNIMOS, Site americano!

IRMANDADES ANÔNIMAS E GRUPOS DE AJUDA EM BELO HORIZONTE:


ALCOÓLICOS ANÔNIMOS (AA) - 108 grupos em BH. O mais central funciona no Edifício Malleta, rua da Bahia, 1148, salas 1526 e 1530. Tel: 3224-6413. Reuniões: de segunda a sexta-feira das 18h30 às 20h30, aos sábados, de 10h às 12h. Informações: (31)3224-7744/3224-7681; eslbh@uai.com.br ; www.alcoolicosanonimos.org.br .


AL-ANON (Parentes e amigos de AA) – SIAMIG - Serviço de Informação Al-Anon de Minas Gerais - Rua Espírito Santo, 1059 - loja 4. 2» a 6» feira das 13h às 17h. Tel. (31) 222-4425; alanon.responde@terra.com.br;
www.al-anon.org.br .


COMEDORES COMPULSIVOS ANÔNIMOS (CCA)
- São 10 grupos em BH, sendo que cinco funcionam na Rua Goitacazes, 333, sala 1003, ed. Del Rey. Reuniões: segundas, terças e quartas-feiras das 14h às 16h, segundas e terças das 19h às 21h. Informações:(31)3213-2052; intergrupoccamg@ig.com.br . http://geocities.yahoo.com.br/ccabrasil/p01.html ; www.ccadf.hpg.ig.com.br .


DEPENDENTES DE AMOR E SEXO ANÔNIMOS (DASA) – Salão Paroquial da Igreja São José, sala 3. Centro. Reuniões: às segundas-feiras, das 19 às 21h. slaa@slaa.org.br; www.slaa.org.br.


FUMANTES ANÔNIMOS (FA) - São 12 grupos em BH. Um deles funciona na Rua Campanário, 387, Sta. Inês. Reuniões: quartas-feiras, das 20h às 22h. Tel: 3461-7806. info@nicotine-anonymous.org; www.nicotine-anonymous.org/pub_port_06.asp .


INTROVERTIDOS ANÔNIMOS (IA)
– Grupo Novo Horizonte, Igreja São José, prédio anexo, 2o. andar, sala 6. Reuniões: aos sábados às 18h30 às 20h30 e terças-feiras das 18h45 às 20h30. Informações: (31)9925-3605; introvertidosbh@bol.com.br; www.introvertidosbh.hpg.ig.com.br .


AMIGOS E PARENTES DE INTROVERTIDOS ANÔNIMOS (AP-IA) - introvertidos@bol.com ; www.introvertidosbh.hpg.ig.com.br.


JOGADORES ANÔNIMOS (JA) - Grupo "Amor ao Próximo", rua Campanário, 387 - bairro Santa Inês. Tel: 3468-5877. Reuniões: aos sábados, das 9 às 11h. Grupo "Vida Nova", anexo da Igreja Nossa Senhora de Fátima, Praça Carlos Chagas, 133 (próximo à Assembléia Legislativa). Reuniões: às terças e quintas-feiras, das 20h às 22h. Tel: 3291-5053. jogadoresanonimos@yahoo.com.br ; www.jogadoresanonimos.org .


JOG-ANON (Parentes e amigos de JA) – Praça Carlos Chagas, s/n¼ .
Santo Agostinho-Cáritas Paroquial N.Sra. de Fátima. Reunião: Terça-feira, 20h.
comiteja@bol.com.br; www.jogadoresanonimos.org/joganon1.htm .


MULHERES QUE AMAM DEMAIS ANÔNIMAS (MADA) – são 2 grupos em BH. Igreja São José, prédio anexo, 2¼ andar, sala 2. Centro. Entrada pela Rua Rio de Janeiro c/ Rua Tamoios. Reuniões às segundas-feiras, das 14h30 às 16h30; às quintas-feiras das 19h às 21h. Informações:(31) 9941-1771 (deixar recado na caixa postal); madabh@terra.com.br; www.grupomada.com.br .


NARCÓTICOS ANÔNIMOS (NA) - São 12 grupos na Grande BH. O mais central funciona na Igreja São José, rua Tupis, 164, sala 6.Centro. Reuniões: quintas-feiras das 11h30 às 13h30. Av. do Contorno, 4766. Serra. Hosp. Sta. Maria. Reuniões: domingos e segundas-feiras às 19h; terças, quartas e quintas-feiras às 20h; sextas-feiras às 18h. Tel: 9684-3223. info@na.org.br; www.na.org.br.


NAR-ANON (Parentes e amigos de NA) –Rua Joaquim Linhares, 11, Anchieta, na Igreja de São Mateus. Reuniões: às quintas-feiras, às 19h. Av. do Contorno, 4766, Hospital Santa Maria. Reuniões: às terças-feiras, às 15h.Escritório nacional dos GRUPOS FAMILIARES NAR-ANON DO BRASIL. Rua 1¼ de Março 125 - sala 801. Rio de Janeiro – RJ.Telefone e Fax (21)2263-6595-das 10 às 17hs, durante os dias úteis. naranon@domain.com.br ; www.naranon.org.br .


NEURÓTICOS ANÔNIMOS (N/A) - Rua Tupis 164. Igreja São José, Centro. Reuniões: quinta 15h. Rua Tamoios, 62/sala 208. Reuniões: segunda 16h30; segunda 19h; terça 9h; terça 16h30; terça 19h; quarta 15h; quarta 19h; quinta 16h30m; quinta 19h; sexta 16h30m; sexta 19h; sábados às 10h.Tel: 3222-2957. enabra@neuroticosanonimos.org.br ; www.neuroticosanonimos.org.br .


PSICÓTICOS ANÔNIMOS (PA)-   Av. Alfredo Balena, 190, sala 3001.Reuniões: segunda às 19 h. Av. Francisco Deslandes, 620. Anchieta. Reuniões: Sexta às 18h30.Tel: (31)3221-3055. fênix@fenix.org.br ; www.fenix.org.br .


AMIGOS E PARENTES DE PSICÓTICOS ANÔNIMOS (AP-PA) – Av. Alfredo Balena, 190, sala 3001. Reuniões: quinta às 18 h. Tel: (31)3221-3055. fenix@fenix.org.br ; www.fenix.org.br .AMOR EXIGENTE – Programa de doze princípios para recuperação de dependentes de álcool e outras drogas. É uma proposta comportamental, destinada a pais, orientadores, educadores e familiares em geral como forma de prevenir e solucionar problemas com os alunos, filhos, entes queridos. Em grupos de apoio e ajuda mútua do Amor-Exigente, os pais, professores e familiares são encorajados a agir em vez de só falar, desencorajados de usar violência ou agressividade, levados a construir a cooperação familiar e comunitária.

AMOR-EXIGENTE na TERRA DA SOBRIEDADE: (31)3452-7622/3451-3753; ALEGRIA: (31)3444-6596/3417-1335; VIDA SIM!:(31)3334-0087/ 3334-3732; AÇÃO SOCIAL GRUPO DE APOIO VIDA NOVA: (31) 3458-4929/ 9997-7145; AMPARE: (31) 3342-2875/3297-5244; ATITUDE: (31)3295-5515/ 9941-6882. info@amorexigente.org.br; www.amorexigente.org.br.


AMPARE-Associação Mineira de Pais e Amigos para Prevenção e Recuperação do Abuso de Drogas - É uma instituição filantrópica sem fins lucrativos. A entidade proporciona tratamento para a recuperação de dependentes e seus familiares e investe em programas de prevenção. É reconhecida como utilidade pública municipal (Lei 5.943 de 18/07/199) e utilidade pública estadual (Lei 10.597 de 08/01/1992). A associação mantém o Centro Terapêutico funcionando em uma fazenda na cidade de Divinópolis, MG. A sede aberta ao público é situada à Rua São João Evangelista, 676.Sto. Antonio. NAFTA - Núcleo de Apoio à Família de Toxicômanos e Alcoólicos (filosofia do livro AMOR EXIGENTE)- Reuniões: terças às 19h; quartas às 14h e 19h30; quintas às 19h30 e sábados às 15h.Tel: (31)3342-2875. ampare2001@terra.com.br ; ampare2001@ig.com.br ; www.ampare.com.br.


TERRA DA SOBRIEDADE – Atendimento em família feito pelo casal de Terapeutas Ocupacionais Ana Luiza César Viana e Ronaldo Vitteli Viana para recuperação de pessoas que têm algum tipo de dependência química. Todo o tratamento desenvolvido é baseado em Psicoterapia Ocupacional, Grupos de Mútua-Ajuda (Amor-Exigente, Alcoólicos Anônimos, Narcóticos Anônimos, Pastoral da Sobriedade) e Espiritualidade. As reuniões de Mútua-Ajuda acontecem todos os sábados, das 17h30 às 19h30. Rua Pedrinhas, 342. São João Batista. Tel: (31) 3452-7622. terra.sobriedade@uol.com.br .


ABRAÇO-Associação Brasileira Comunitária para Prevenção do Abuso de Drogas - Av. do Contorno, 4777. Serra. Entidade criada com a finalidade de mobilizar a comunidade para a prevenção do uso inadequado de drogas. Atende ambulatorialmente usuários de drogas, tabaco e álcool. Também presta orientação aos familiares. Entidade Filantrópica registrada no CNSS (Conselho Nacional do Serviço Social), sob o número 23002.005851/89-11. Reconhecida de Utilidade Pública Municipal (Lei No 6185 de 11/06/92), Estadual (Lei No 11500 de 16/06/94), Federal (Processo MI No 24381/94-88, decreto de 20/04/95). Atendimentos: de segundas às sextas de 8h às 18h. Tel: (31)3225-2700. abraco@superig.com.br ; www.abraco.com.br .


CVV - Centro de Valorização da Vida – Programa CVV - É um programa de prevenção ao suicídio e valorização da vida, adotado por diversas instituições mantenedoras pelo Brasil, e concretizando-se como Posto CVV, se caracteriza por ser movimento filantrópico, civil sem fins lucrativos e desvinculado de religiões e política. É reconhecido como Entidade de Utilidade Pública Federal pelo Decreto Lei n¼ 73.348 de 20 de dezembro de 1973. Posto Nova Suíça: Rua Desembargador Barcelos, 1.286. Cep: 30480-250.Tel: (31) 3334-4111. central@cvv.org.br ; www.cvv.com.br. Outro telefone do CVV é o número 141, em BH.

 

Os quadros acima estão também na página "links", neste site.

 

Visite: Devedores Anônimos, site do Serasa.

 

PARA OS PEQUENOS - EDUCANDO SEUS FILHOS PARA ADMINISTRAREM SUAS CONTAS, DESDE JÁ:

 

Imagem: www.corbis.com

 

"COMO FORMAR UM BOM POUPADOR"

FAÇA:

Ensine seus filhos, desde cedo, a distinguir as coisas que compramos porque "queremos" daquelas que compramos porque "precisamos".

Mostre a maneira certa de conservar o dinheiro: sem rasgá-lo, amassá-lo ou molhar as notas.

Chame seus filhos a participar da elaboração da lista do supermercado, checando, por exemplo, que produtos de higiene a família vai precisar comprar.

Explique a eles que tipo de trabalho você realiza e, se possível, leve-os ao seu ambiente de trabalho.

Lidar com dinheiro é difícil paa a maioria das pessoas. Assuma suas próprias deficiências nesse sentido.

Estimule seus filhos a participar da elaboração do orçamento doméstico, incentivando-os a sugerir maneiras de reduzir as despesas.

Se o seu orçamento permitir, dê a eles uma mesada e explique que o seu objetivo é ensiná-los a administrar o seu próprio dinheiro.

EVITE:

Resista à tentação de presentar as crianças a todo momento. Estipule e comunique a elas as ocasiões que você considera propícias para isso.

Em hipótese alguma estabeleça a relação entre as notas que a criança recebe na escola e o ganho do dinheiro.

Não deixe de envolver os avós no processo de educação financeira da criança, explicando a eles as razões dos limites impostos e incentivando-os a colaborar.

Não suspenda a mesada como forma de castigo por malcriações ou baixo rendimento escolar. Lembre-se de que a única função da mesada é educar a criança para lidar com dinheiro.

Não altere a data do pagamento da mesada. Peça que seu filho o lembre desse compromisso a um ou dois dias do vencimento

Não tenha medo de impor restrições aos gastos da poupança do seu filho. Quando não concordar com eles, explique o motivo.

Não se torture por não dar ao seu filho todas as coisas que ele pede."

(Fonte: "Estado de Minas", Caderno de Economia, domingo 28 de março de 2004.)

*****

Programa de Troca Solidária, baixe o arquivo pdf para se informar melhor.

APRENDENDO A ORGANIZAR-SE COMO DONA DE CASA? ENTRE NO GRUPO "FLY LADY", do Yahoogrupos, envie e-mail em branco para: FLYingInBrazil-subscribe@yahoogroups.com. Um pessoal incrível, ajudando-se, trocando informações valiosas, etc. Se você lê inglês, visite o site oficial http://www.flylady.net. Aprenda a manter sua casa em ordem, limpa, e a administrar sua vida, seu lar, etc, com o mínimo de estresse.

[principal] [primeiros passos] [planeta azul] [trabalho] [vestir o que?] [alimentando-nos] [meio-ambiente] [exercitando-nos] [textos] [administrando as contas] [mais compromisso] [mais saúde] [mais beleza] [mais livres] [voluntarios] [cidadãos do planeta Terra] [links] [livros] [entre em contato]