[principal] [primeiros passos] [planeta azul] [trabalho] [vestir o que?] [alimentando-nos] [meio-ambiente] [exercitando-nos] [textos] [administrando as contas] [mais compromisso] [mais saúde] [mais beleza] [mais livres] [voluntarios] [cidadãos do planeta Terra] [links] [livros] [entre em contato]

 

 

Alimentando-nos

 

 

 

Alimentação - o que comer, como comer, quanto comer, jejuns, etc

O que comer - Dê preferência a frutas, verduras, legumes. Engraçado, o que faz bem é o que menos atrai a maioria, não é? Aposto que você fez uma cara feia e pensou num churrasco suculento! É, só que a carne não faz nenhum bem ao nosso organismo. Está provado que o vegetarianismo é muito mais saudável.Você não vai ficar anêmico. Coma carne branca no lugar da carne vermelha; coma ovos, carne de soja, tofu, etc... Sou vegetariana há mais de 20 anos e nunca tive anemia!

Prefira adoçar com mel, açucar mascavo, melado e evite o açúcar industrializado. Idem quanto ao arroz, prefira o integral que é saudável e rico em nutrientes. Prefira os pães integrais, evite muita massa, refrigerantes, os "big-macs", a coca-cola e as batatas fritas da vida, se quiser ser saudável. Aquilo não é comida, definitivamente! Evite frituras, comida muito engordurada, use os óleos vegetais ao invés da gordura animal. Evite os congelados dê preferência ao alimento fresco. Voltemos às coisas simples da vida. Você não precisa de freezer, nem de micro-ondas. A gente precisa de fogão e geladeira. O resto é excesso! Vamos ter menos objetos para limpar e mais tempo para o lazer, para curtir nossa família, amigos.

Evite também o excesso de doces, ou suprima-os. Tome bastante suco, de preferência natural, da própria fruta ou do vegetal. Evite os sucos de saquinho, prefira os de garrafa que você pode diluir em água.

Tome MUITA ÁGUA. De preferência dois litros diariamente, lentamente e fora das refeições. Sua pele, seus órgãos internos vão agradecer e retribuir a gentileza. Sua pele ficará mais hidratada, sua digestão inclusive melhora bastante. Evite o café, tome bastante chá, de preferência os verdes. Se você tem a sorte de morar numa casa, plante seus "matinhos", sua hortelã, sua erva-cidreira, seu manjericão. Tempere com elas suas saladinhas, vai ver que sabor delicioso! Nada como colher no próprio quintal o nosso alimento, sem herbicidas, sem veneno! Ainda não realizei esse sonho, mas enquanto isso vou comprando nas lojas de produtos naturais meus chazinhos. Pesquise, oriente-se melhor quanto ao que come, à procedência de seu alimento, etc. Ao preparar o suco natural de frutas, tome-o imediatamente, pois guardando eles perdem as vitaminas, as propriedades curativas.

"Evite acima de tudo as carnes vermelhas, principalmente se não sabe a procedência. Evite o leite, a carne de frango congelado, os ovos não galados, enfim, tudo que é preparado para durar muito, cheios de conservantes químicos, veneno para nosso organismo. Eles nos transmitem todos os efeitos colaterais de substâncias, de medicamentos que foram usados no decorrer da vida daquele animal, que servirá de alimento para outro. Daí o perigo que o ser humano corre, quando se alimenta de carne de porco e de boi confinado, de galinhas e ovos de granja. A estes animais são dados vermífugos, antibióticos, hormônios e outros medicamentos, pois como vivem em verdadeiros campos de concentração, ficam sem as defesas e comportamentos naturais, e para suportarem viver naquelas condições, lhes são administrado substâncias químicas prejudiciais a quem se alimenta desses animais. As doenças mais comuns, são: câncer de mama, de útero e de próstata; doenças do intestino; alteração no comportamento sexual masculino ou feminino, etc.


Do que foi exposto, vê-se a necessidade do consumidor fiscalizar a procedência dos alimentos que está adquirindo, sob pena de num futuro muito próximo, estar vendo na sua própria família, se é que ainda não surgiu nenhum caso, problemas dessa natureza.

Valorize os alimentos que são produzidos sem adubos químicos e agrotóxicos; as galinhas e ovos 'caipira'; a carne do boi criado livre; a carne do bode e do carneiro que vivem livres; talvez fiquem um pouco mais caro, é verdade, mas com toda segurança será compensado, pois esse dinheiro seria gasto em hospitais e levaria você consumidor, a uma vida de sofrimento e dor, se é que ainda resta vida! Em muitas de nossas grandes cidades hoje é possível adquirir alimentos sem agrotóxicos. Procure-os! Cuide da sua saúde e da saúde dos seus. É melhor deixar de comprar aquela roupa de grife e alimentar-se bem. Você vai gastar o dobro em remédios, hospitais, com certeza."

Os dois últimos parágrafos foram retirados do site: http://www.saisanjeevini.com.br/ssstext/sss_3.htm, onde você pode aprender muito mais! A cozinha Vegetariana é muito mais saudável e você logo aprende a saboreá-la com prazer. Pesquise os sites vegetarianos na internet, há inúmeras receitas fáceis de se fazer e com certeza vão desintoxicar quem dela fizer uso.

 

Quanto comer - Pessoas há que acham que precisam devorar tudo o que acham pela frente para poderem sobreviver. Nunca experimentaram uma fomezinha, nem um dia de "meio-jejum", quanto mais o dia inteiro. Isto deve lhes parecer uma aberração, uma anomalia séria. No entanto, o jejum faz um bem... falo dos diferentes tipos de jejum mais abaixo, experimente. Não tenha medo, você sobreviverá e fará bem ao seu organismo, deixando-o descansar um pouco. Se você tem um hábito incontrolável de comer, procure ajuda especializada. Não precisamos de muito alimento para viver. Comer o suficiente para saciar nossa fome, nossa necessidade diária de calorias, vitaminas e sais minerais, sem comer em excesso, o que acaba trazendo uma série de problemas e até doenças. A frugalidade é mais saudável do que o excesso, este sim, prejudicial. Simplicidade voluntária é também alimentar-se conscientemente, não comer por comer, não entupir-se de comida!

Como comer - Pode parecer bobagem, mas vou contribuir com meus dois centavos aqui também. Tem gente que se senta para comer, por exemplo, em frente à tv, ou lendo um jornal, revista, relatório, ou aproveita para numa reunião de negócios, almoçar, jantar. Já ouvi pessoas mais idosas dizerem que comer é uma "hora sagrada". Hoje não, temos sempre que fazer duas, três coisas ao mesmo tempo. Se você perguntar a uma dessas pessoas o que elas almoçaram, depois de um tempinho, é provável que elas nem se lembrem direito. Ou comem apressadamente, como se estivessem prestes a perder o trem! Isso só pode fazer mal, aumentar mais a tensão, a pressão. Pare, por favor!

Quando for se alimentar, permita-se ter esse momento como algo pelo menos 'meio sagrado'. Tendo fé ou não, agradeça a Deus ou aos "céus", pelo alimento concedido. Tantos não têm a mesma sorte... sente-se num lugar tranquilo, saboreie não só a comida, mas o momento. Sinta o sabor da comida, mastigue o alimento calmamente. Nas culturas orientais a mastigação é lenta. Oitenta mastigadas por garfada seria o ideal, mas ocidental não se presta a isso. Temos que ganhar dinheiro, "make money". Ao saborear uma fruta, faça-o consciente e atentamente. Há quanto tempo você não percebe o sabor de um abacaxi, de uma manga, de uma mexerica? Tente saborear, conscientemente, cada gomo da mexerica. Não engula apenas, apressadamente. Conceda-se essas pequenas alegrias da vida. Aqui e Agora, saboreie, sinta o paladar. Com isso você verá que nem precisa comer tanto, se saciará com menos quantidade. Você será mais feliz e aprenderá a saborear cada minuto do seu dia também.

Se estiver almoçando com a família, amigos, aproveite esse momento, fale de coisas agradáveis, mas seria até bom evitar falar muito, não é? Afinal, estamos aqui "prá comer ou prá falar"? Brincadeiras à parte, quanto mais tranquila e pacífica for a sua hora de se alimentar, melhor para você e para todos. Rezar antes e depois, agradecendo pelo alimento é também um ato de cortesia para com Deus ou com o Universo, se você não crê n'Ele.

Se você sabe inglês ou italiano, visite o site "Slow Food", e aprenda a desacelerar... SLOW FOOD. Em oposição ao 'Fast Food", experimente o 'Slow Food', e S A B O R E I E, CONVIVA, CURTA seu alimento, sua companhia.

Tipos de jejum:

O jejum, além de fazer bem ao corpo, também faz bem à alma. Todas as religiões incluem o jejum em suas prescrições. Lembra-nos de nossos limites e de certa forma ao jejuar nos solidarizamos com nossos irmãos que tem a fome como companheira, diariamente.

Há alguns modos de jejuar e é bom que se diga que qualquer pessoa pode jejuar, mesmo idosos e crianças acima de 14 anos. Se uma pessoa idosa ou doente precisa tomar seu medicamento com leite, etc, não se quebra o jejum por isso. Contudo, observe-se nesse caso a prudência, consulte seu médico, etc.

"jejum da igreja" - Nesse, você toma normalmente o café da manhã e escolhe fazer apenas uma refeição completa. Se você almoça e janta, escolha um dos dois e substitui uma refeiçao por um lanche simples, de acordo com suas necessidades. Não precisa passar fome, mas coma com moderação. Mantenha a disciplina durante o dia, evitando "beliscar" entre as refeições. Frear nossa gula, deixar de lado nesse dia, os refrigerantes, as bebidas, os cafezinhos, doces, chocolates. Apenas o café da manhã, uma refeição à escolha e um lanche. Se você já faz isso normalmente - minha mãe mesmo faz e eu também, quase sempre, então, reduza por exemplo o lanche que faria.

Jejum a pão e água - Nesse você come toma seu café da manhã normalmente. Depois, come um pedaço de pão quando tiver fome e bebe água quando tiver sede, mas não os dois ao mesmo tempo, para evitar a fermentação. Prefira o pão sírio ou integral. Não coma um pãozinho inteiro a cada vez. Coma aos pedacinhos, quando tiver fome. Não "beliscar". Esse é o jejum que mais refreia a gula nossa de cada dia. Você pode terminar esse jejum lá pelas cinco ou seis horas da tarde. Não é para passar fome ou passar sede, mas para refrear a gula, para disciplinar nosso apetite.

Jejum à base de líquidos - Nesse você toma seu café da manhã como em todos os outros, e depois só toma líquidos. Água, bastante, sucos naturais de frutas, (não "vitaminas de frutas"), chás, verdes de toda espécie. Manter o estômago aquecido. De preferência sem adoçante, mas se não puder evitar, use mel, pouco açucar. No verão, claro, prefira-o frio ou gelado. Laranjada, limonada, sucos de frutas, etc, são recomendados. Nada de mingaus, sopas, aí já sairia do jejum. Água de côco, excelente. Você não passa fome, fica hidratado e depois uma sensação maravilhosa de leveza.

Jejum à base de água - Nesse, você também toma seu café da manhã normalmente, depois só bebe água. Bastante água. Hidrate-se bem. Termine lá pelas cinco, seis horas da tarde. Pratique primeiro com os outros tipos de jejuns antes de chegar nesse que é mais radical.

Todos esses tipos de jejuns nos ajudam a descansar nosso aparelho digestivo, domar nossa vontade, nos disciplinando. Nossa mente fica mais desanuviada, mais aberta e até mais pronta para as atividades espirituais, aos cálculos, projetos, atividades poéticas, musicais, etc.

Muitos de nós tem o péssimo costume de fazer duas coisas ao mesmo tempo: trabalhar ao computador e ir comendo, bebendo, fumando, tomando cafezinhos. Por mais que se pense que isso ajuda a aliviar a tensão, isso só faz piorar. Precisamos nos educar para uma vida mais saudável.

(retirado do livrinho do padre Jonas Abib, "Práticas de Jejum", ed. Loyola.

Sítio Vegetariano

Associação Cristã Vegetariana (Ecumênica, Inglês)

International Vegetarian Union

União Vegetariana Internacional - textos em português

Não tenho a pretensão de esgotar esse assunto tão vasto numa página de um simples site . No entanto, na própria internet, você consegue muitos subsídios para uma vida mais saudável.

***

Indico o excelente livro do prof. Arno Gehrke "Viva mais e melhor!", da ed. Esfera

Pesquise na própria internet mais sobre alimentaçao saudável, dietas ricas em nutrientes, etc...

Visite também a página de tratamentos gratuitos, onde vc descobre endereços para tratamentos para comedores compulsivos, compradores compulsivos, etc...

Visite os sites:

1. Panelinha, para aprender receitas leves, saudáveis
2. "Vida Integral" - idem
3. "ORIENTAÇÕES SOBRE DIETA e ESTILO DE VIDA PARA SAÚDE e
4. HARMONIA"
5. Boca Feliz
6. Nutriveg
7. Planeta Vegetariano
8. Pelos animais.com
9. Viva Naturalmente
10. JesusVeg
11. Natal Vegetariano: Salve um peru, faça uma ceia sem morte no seu Natal!
12. Culinária Vegetariana - excelentes e fáceis receitinhas PDF prá vc baixar, fazer e se deliciar, ainda com muita saúde!
13. Kefir Brasil - aprenda tudo sobre esse alimento pro-biótico maravilhoso. Consiga grãos, use, tenha saúde!
14. Kefir, site americano

15. Kefir, inglês.


Vegetarianismo - Leia o artigo: "O que comeria Jesus... hoje?"

Cursos online:

Cursos variados, inclusive sobre Alimentação Vegetariana, e outros temas de interesse, como Ecologia, Nutrição infantil, etc... Pesquise!

Conhece o KEFIR? Alimento probiótico = a favor da vida? Pois então conheça É sempre doado, nunca comprado. Visite o site acima e descubra quem pode doar, perto de você. Se não achar, mande-me um e-mail que provavelmente poderei lhe enviar. Há também a Lista no Yahoogrupos, para quem quer saber mais, doar, receber. Idem no Orkut, há inúmeras comunidades. Só faz bem.

 

[principal] [primeiros passos] [planeta azul] [trabalho] [vestir o que?] [alimentando-nos] [meio-ambiente] [exercitando-nos] [textos] [administrando as contas] [mais compromisso] [mais saúde] [mais beleza] [mais livres] [voluntarios] [cidadãos do planeta Terra] [links] [livros] [entre em contato]